Como é o pós operatório de uma cirurgia ortognática?

Como toda cirurgia, este procedimento requer cuidados essenciais que auxiliarão em um restabelecimento rápido e mais tranquilo possível.

Anestesia: É imprescindível que o paciente faça anteriormente uma consulta com o anestesista e responda um questionário sobre seu histórico e possíveis alergias a substâncias. O tipo de anestesia é geral.

Internamento:  Normalmente o paciente precisa estar em jejum de 12h para ser internado.

Ao sair do centro cirúrgico, os pacientes podem sentir desconforto na respiração ou por conta de sangramentos, edemas, náuseas e vômitos comuns nas primeiras 24 horas após a cirurgia. Normalmente é a fase mais complexa, porém no período de internamento pós-cirurgia, o paciente estará cercado de profissionais capacitados para medicar, orientar e monitorar sua saúde. É importante evitar esforço físico e o desgaste em tentativas de comunicação durante as visitas que devem ser mínimas.

Após a Alta

A recuperação pode variar de caso para caso dependendo da complexidade cirúrgica. O paciente precisará de repouso absoluto por aproximadamente uma semana para que o seu reestabelecimento transcorra de forma rápida, sem maiores desgastes para o organismo. Uma alimentação correta e seguir as instruções do pós operatório com rigor são essenciais para esse período. Durante 30 a 40 dias o repouso ainda se faz necessário, portanto o paciente deve evitar qualquer atividade envolvendo esforço físico, podendo ser leitura, filmes, games ou outras forma de lazer que não deixem o paciente cansado. Na maioria dos casos após 40 dias já dá para voltar ao trabalho.

Cuidados

Tomar as medicações na hora certa, evitando a dor. Como o inchaço (edema) normalmente é comum, principalmente nos primeiros dias, requer cuidados com compressas de gelo e curativo compressivo.

Alimentação

Nas duas primeiras semanas recomenda-se a ingestão de líquidos, pastosos, sorvetes, sopa, caldos, alimentos preferencialmente frios ou gelados, administrados com canudo ou com a ajuda de uma colher pequena. A medida que o paciente for se restabelecendo, a alimentação vai aos poucos voltando ao normal, com a introdução de pequenos sólidos macios, mas isso após a primeira quinzena.

Higiene Bucal

Fazer bochechos e manter a escovação em dia, pois a assepsia bucal é extremamente importante no processo de recuperação do paciente.